O Repórter do Povo

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2013

Travesti é perseguido e executado em Mãe Luiza

Um jovem de 30 anos foi executado com dois tiros na cabeça, na rua Antônio Félix, no bairro de Mãe Luiza, zona Leste da capital. Carlos Róbson dos Santos era travesti e foi perseguido pelo atirador antes de ser morto. De acordo com policiais do 1º Batalhão da Polícia Militar, que estiveram no local logo após o assassinato, a vítima tentou escapar do criminoso correndo pelas ruas do local, mas acabou sendo alcançada e morta.
Segundo o soldado Felipe, o travesti pode ter sido morto por causa da guerra do tráfico de drogas. O próprio pai da vítima, segundo ele, relatou que o filho estava se envolvendo com traficantes por causa do vício e que não tem dúvidas que Carlos foi morto por esse motivo. "Conversei com o pai do rapaz ainda no local do crime, ele relatou que o filho estava no mundo das drogas desde seus 16 anos e que sabia que esse seria o seu destino", relatou.
A Polícia Civil que foi até o cenário do crime teve dificuldades para colher informações sobre a autoria da execução, visto que a lei do silêncio impera na comunidade que vem sofrendo há muito tempo com a violência. O caso será investigado no 4º Distrito Policial.

Fonte: Portal BO