segunda-feira, 30 de setembro de 2013

PM apreende coquetéis molotov com grupo que planejava assalto em Natal

A Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam) da Polícia Militar prendeu integrantes de um grupo que planejava assaltos a ônibus nesta segunda-feira (30) em Natal. Foram apreendidas três coquetéis molotov, gasolina, um revólver calibre 38, celulares e munições. Os policiais detiveram três homens e um adolescente.
A prisão ocorreu em uma praça do bairro de Lagoa Azul, na zona Norte, onde o grupo de nove pessoas se planejava para assaltar ônibus, segundo informou o oficial de operações da Rocam. No momento da abordagem, cinco dos suspeitos conseguiram fugir, e quatro foram pegos pela Ronda Ostensiva de Apoio de Motocicletas.
De acordo com o oficial da Rocam, os coquetéis molotov seriam usados para intimidar funcionários e passageiros dos ônibus. O grupo e o material apreendido foram levados para a Delegacia de Plantão da zona Norte.

Fonte: G1/RN

Cantor de Seresta Laertte Lima more vítima de acidente na RN-406 próximo a Afonso Bezerra

Um acidente grave tipo capotamento ocorrido na RN-406 próximo a cidade de Afonso Bezerra na região central do Estado, provocou a morte de Francisco Diassis Ribeiro de Lima, de 40 anos, mais conhecido como Laertte Lima, cantor de seresta da cidade de São Gonçalo do Amarante.
Segundo informações, Francisco seguia de Natal para Afonso Bezerra, quando em trecho de curva da RN 406 perdeu o controle do veículo vindo a capotar. 
Devido a gravidade do acidente não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O veículo em que a vítima estava era um Pálio branco placa FEV-3109 – São Paulo.

Fonte: O Câmera

DETRAN iniciou as inscrições para o curso dos mototaxista em Currais Novos

Doutor Carlson Gomes com o Diretor do Detran, pedindo a realização do curso em Currais Novos
Foi uma reivindicação dos mototaxista, isso ocorreu ainda em 2012, os mesmos através de uma comissão procuraram o apoio do prefeito da época Geraldo Gomes, que aproveitando uma visita da Governadora Rosalba Ciarlini em Currais Novos, levou o pedido dos mesmos e a Governadora assumiu o compromisso da realização do referido curso.
Nesse ano de 2013, também que esteve buscando a realização do referido curso, foi Doutor Carlson Gomes, junto ao Governo do Estado e Detran. Agora vem a confimação que o curso será gratuito para os mototaxista e acontecerá na primeira quinzena de outubro do corrente ano, nas dependências do DETRAN de Currais Novos.

Fonte: Blog de Currais Novos

Desempregado é seguido e assassinado em Macaíba

O desempregado Jeferson Roberto de Souza, de 29 anos, foi assassinado no Centro da cidade de Macaíba, na noite desta segunda-feira (30). Ele estava pilotando a motocicleta dele e foi seguido por quatro homens em outras duas motos. De acordo com testemunhas, esses homens estavam encapuzados.
Os criminosos atiraram várias vezes usando pistolas calibre ponto 40, de acordo com a polícia. Segundo familiares que estiveram no local do crime, José Roberto não trabalhava e vivia com aposentadoria dos pais que ele recebia.
Uma familiar chegou a relatar que a vítima já tinha sofrido outros atentados, porém, ela não soube ou não quis dizer quem teriam sido os autores. O cabo Josemário, do 11º Batalhão da Polícia Militar, disse ao Portal BOque ainda não se sabe a motivação do homicídio.
O assassinato foi registrado na rua Luís Vieira, no Centro de Macaíba, na esquina com a rua Governador Dinarte Mariz. Necrotomistas do Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) também estiveram no local, bem como policiais civis da Delegacia de Plantão da Zona Sul.

Fonte: Portal BO

Assaltante em Currais Novos entra em farmácia e leva medicação controlada

Uma farmácia localizada no Bairro Santa Maria Gorete foi assaltada na noite desta segunda-feira, (30), por volta das 19h30min, onde um cidadão magro, com um capô na cabeça, entrou, mostrou uma faca e anunciou o assalto. Até ai tudo da mesma forma dos assaltos comuns, a não ser o objeto do furto.
Ele simplesmente pegou trés caixas do remédio controlado Rivotril e saiu sem pegar mais nada. Foi uma cena incomum do mundo policial, e com certeza estranhou até os funcionários da farmácia.

Fonte: Sd PM J. Dantas

PM apreende 71 armas e 367 munições em setembro

Nesse mês de setembro, as ações ostensivas da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte renderam a apreensão de 71 armas de fogo e 367 munições de diversos calibres em todo o Estado.
O maior número de armas e munições apreendidas foi verificado entre os dias 23 e 29 de setembro, tendo sido contabilizadas a apreensão de 28 armas de fogo e 191 munições.
Em relação ao combate ao tráfico de drogas no Estado, a PMRN apreendeu 26,7 kg de drogas e entorpecentes em todo o Estado, além de equipamentos auxiliares para o crime, como balança de precisão. Ainda nesse mês, a Polícia Militar conseguiu recuperar 62 veículos roubados no Estado e capturar 24 foragidos da Justiça.
Com essas ações, a Polícia Militar do RN vem diminuindo a criminalidade no Estado, proporcionando uma maior segurança à população potiguar.

Fonte: Portal BO

Prefeitura de Lagoa Nova anuncia pagamento dos funcionários

Buscando valorizar os servidores públicos municipais, o prefeito João Maria Assunção anunciou a tabela de pagamento do mês de outubro. A parti de segunda feira 7 de outubro, será efetuado o pagamento dos funcionários das demais secretarias.

Fonte: Lagoa Nova Verdade

Mulher mata namorado depois que ele pronunciou nome da ex enquanto dormia

Mulher mata namorado depois que ele pronunciou nome da ex enquanto dormia
Uma jovem de Yangzhou, na China, ficou revoltada depois que o namorado pronunciou o nome da ex enquanto dormia e o atacou com uma faca golpeando por 31 vezes.
A atitude fria da garota, que após matar o companheiro dormiu abraçada com o cadáver, chocou as autoridades chinesas. Durante o julgamento ela disse estar arrependida e sentindo muito remorso. O casal estava junto há alguns anos, e planejava se casar.

Fonte: R7 por Marcos Felipe

Jovem que queria vingar morte de primo é assassinado no Pajuçara

O jovem Erick Jonata de Lima, de 22 anos, foi morto a tiros, na noite deste domingo (29), no loteamento Nova Republica, no bairro do Pajuçara, na zona Norte de Natal. Segundo informações repassadas para a polícia, a vítima era suspeita de outros dois homicídios, em uma vingança da morte de um primo dele.
A morte de Erick Jonata, mais conhecido como Quinho TGA, foi registrada no cruzamento da rua Santo Antônio com a rua das Flores. Os populares informaram para os policiais que a vítima estava caminhando quando foi abordada por homens em um carro preto, cujo modelo e placas não foram identificados.
Os criminosos desceram atirando e, após matarem Erick, fugiram do local, sem também serem identificados. A mãe da vitima esteve na cena do crime e relatou para para os policias militares do 4º Batalhão que o fliho teve um primo que foi morto a tiros em Nova Parnamirim.
Erick teria contado para a mãe que já tinha matado dois dos assassinos do seu primo, mas ainda faltaria um para ele completar a vingança. A polícia não sabe, porém, se o assassinato deste domingo tem relação com a morte do primo da vítima. 

Fonte: Portal BO

Crime de homicídio foi registrado na noite deste domingo na cidade de Tangará/RN

Na noite de ontem (29), aconteceu um crime de homicídio na cidade de Tangará, um jovem conhecido pelo nome de Mikael veio a óbito por disparos de arma de fogo.
O crime aconteceu nas imediações do ginásio de esportes, saída para Sítio Novo,o corpo até o presente momento se encontra no local, esperando a chegada do Instituto Técnico-Científico de Polícia do RN (ITEP) para remoção e posteriormente liberar para os familiares.
O motivo pelo crime ainda são desconhecidos,os responsáveis pelos disparos até o momento não foram identificados , A Polícia Militar de Tangará, já realiza buscas e tenta identificar os suspeitos.
Atualização: O nome da vítima: Elnatã Micael de Moraes Costa de 17 anos de idade, filho de Francisco Erinaldo da costa e Francisca Micarla de Moraes costa.


Fonte: Tangaraense 

Motorista cochila ao volante e sai da pista na BR-226 entre Triunfo Potiguar e Jucurutu

 
 Carreta ficou danificada  - Foto: Damião Oliveira
Um acidente automobilístico envolvendo uma carreta Volvo de Placas NNW-3212 Jaçanã/RN foi registrado na manhã deste domingo (29) na BR-226 entre os municípios de Triunfo Potiguar e Jucurutu.
De acordo com informações repassadas pelo motorista da carreta, o acidente aconteceu porque o mesmo cochilou ao volante e quando acordou a carreta já estava no meio do mato ao lado da BR-226.
O motorista relatou que estava voltando do Ceará com destino a cidade de Santa Cruz quando devido ao sono perdeu o controle da carreta e desceu o aterro indo parar num matagal que fica do lado da pista de rolamento.
O acidente aconteceu a cerca de 15km do Município de Triunfo Potiguar no sentido Jucurutu.

Fonte: Eduardo Dantas

Monstruosidade : Filho atropela e mata mãe

O professor da Universidade Federal de Alagoas (Ufal) em Arapiraca, identificado como Fábio Augusto Antea Rotilli, de 33 anos, assassinou a própria mãe, Alda Marina Antea, de 62 anos, no fim da tarde de quarta-feira (18), na BR-316, município de Satuba, região da Grande Maceió.
Com seu New Beatle preto, de placa NLV-2333, de Arapiraca, Rotilli atropelou a mãe e passou sete vezes por cima do corpo da idosa. Uma amiga da vítima, identificada apenas como Rejane, presenciou o crime e conseguiu sair correndo do veículo.
Depois de matar a mãe, o professor seguiu em direção a Maceió pela BR-316. Ao passar pela Superintendência da Polícia Rodoviária Federal (PRF), no bairro do Tabuleiro do Martins, em Maceió, Rotilli parou o carro, apresentou-se e confessou o crime.
Sob custódia, o professor concedeu entrevista à reportagem do Tribuna Hoje. Sem demonstrar qualquer sentimento, Rotilli relatou que tentou estrangular a mãe com o cinto de segurança do carro. A senhora teria conseguido se libertar e saiu do veículo.
Nesse momento, Rotilli deu ré e a porta do carro atingiu a senhora, que caiu na rodovia. O professor contou que passou sete vezes por cima do corpo da mãe antes de ir embora. Sobre o motivo do crime, Rotilli disse apensa que nunca havia recebido carinho da mãe.
“Não estou arrependido. Fiz na hora certa. Viver sem amor é muito ruim. Inclusive, se tiver alguma moça interessada, entre em contato comigo”, disse ironicamente o professor. Ele negou que tivesse problemas psiquiátricos e tomasse remédios controlados.
Rotilli disse ainda que é professor da disciplina de Produção do Conhecimento, lecionada na área de Ciências Humanas da Ufal.
Dois rapazes que presenciaram o crime em Satuba foram conduzidos para a PRF e conversaram com a reportagem. Eles contaram que Rotilli deu ré várias vezes no carro para passar por cima da idosa. Antes disso, quando o professor tentava estrangular a mãe, a amiga da idosa saiu correndo do carro para pedir ajuda. Segundo as testemunhas, ela havia entrado em estado de choque e nem sequer conseguia se levantar “por causa da tremedeira”.
Assim como Rejane, Alda morava em Maringá e estava em Maceió apenas para passar alguns dias com o filho. À PM, Rejane contou que Alda havia “dado tudo ao filho”, inclusive o carro usado por Rotilli para matá-la.
O professor foi levado por agentes da PRF para a Central de Flagrantes da Polícia Civil, no bairro do Farol, onde prestaria depoimento e seria autuado em flagrante por homicídio qualificado.

Fonte: Terra por Blog Combate Policial

Operação prende portiguares assaltantes de banco, 16 carros de luxo e R$ 50 mil no Tocantis

      
A Polícia Civil dos Estados de Mato Grosso e Tocantins desarticulou a quadrilha do “Novo Cangaço”, que roubou três agências bancárias e os Correios, no dia 9 de setembro, no município de Vila Rica. Dez mandados de prisão preventiva e 11 buscas e apreensão foram cumpridos nesta sexta-feira na cidade de Palmas e Paraíso do Tocantins.
Sete homens foram presos no estado do Tocantins na operação desencadeada pela Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), da Polícia Judiciária Civil de Mato Grosso, em conjunto com a Delegacia Especializada Investigações Criminais Complexas (Deic), da Polícia Civil do Tocantins e a Delegacia de Repressão a Ações Criminosas Organizadas (Draco), da Polícia Civil do Pará, que mobilizou 35 policiais.
Durante ação, as polícias dos estados apreenderam R$ 50 mil do dinheiro roubado em Vila Rica, 16 veículos, sendo dois caminhões e cinco motocicletas, além de duas pistolas ponto 40, dois revólveres e carregador com munição de fuzil 7,62. Entre os automóveis estão um Toyota Corolla, zero km, comprado na quinta-feira, com dinheiro do assalto, um Honda Civic, um Golf, um Siena, uma EcoSport, um Celta e outras modelos populares.
Os presos Francisco Evanaldo Gomes, Regis Wagnes Alves de Lima, Ivanildo Pereira Cavalcante, Wenias Wagner Rodrigues e Antonio Aparecido de Oliveira Ferreira, tiveram mandados de prisão cumpridos, sendo quatro em Palmas e um em Paraíso do Tocantins. As ordens de prisão foram decretadas pela comarca de Vila Rica, em Mato Grosso.
Outros dois suspeitos, Diego Rones Bezerra e Sanael Silva, foram presos em flagrante por porte de arma de fogo de uso proibido e posse de munição e carregador de uso restrito e será apurada a participação deles com a quadrilha. O preso Regis Wagnes Alves de Lima, além do mandado cumprido, foi autuado em flagrante por uso de documento falso. Ele se apresentou aos policiais com o nome Edson Soares da Silva, a qual usa desde o ano de 2012. Na casa dele a delegada do GCCO, Cleibe Aparecida de Paula, que acompanhou a operação em Palmas, apreendeu cédula de identidade, habilitação e até cartão de conta bancária, todos no nome falso. 
O delegado titular do GCCO, Flávio Henrique Stringueta, disse que foi montada uma força-tarefa envolvendo os três estados com objetivo de apreender armas de grosso calibre, dinheiro e prender pessoas da quadrilha que por 50 minutos aterrorizou a cidade com a ação criminosa, usando vários cidadãos como escudos humanos durante o tiroteio na frente às agencias bancárias e depois foram feitos reféns na fuga. 
“Acreditamos que o grupo se dividiu para não perder todo o dinheiro, uma parte ainda pode estar refugiada na mata e outra parte conseguiu chegar até o Tocantins”, ressaltou o delegado Flávio Stringueta. 
O delegado explicou que as buscas ao grupo criminoso, estimado em pelo menos 15 integrantes, foram imediatas e contatos com os estados do Pará, Tocantins, Maranhão e Goiás ajudaram na rápida identificação das pessoas que atuam no apoio ao bando e requisição de medidas judiciais, como as prisões e buscas concedidas pela Justiça da comarca de Vila Rica. 
“Houve um intenso trabalho das Polícias Civis do Pará, Maranhão e Tocantins, através suas inteligências e divisões de roubos a bancos, até mesmo com equipes no local da ação criminosa para auxiliar nas investigações. Tudo isso visando interesses comuns”, destacou o delegado Flávio Stringueta. 
A delegada Liliane Albuquerque Amorim, da Delegacia Especializada Investigações Criminais Complexas (Deic), do Tocantins, informou que há dois meses a Deic monitorava a quadrilha, cujos membros são oriundos do Rio Grande do Norte, Bahia, Pernambuco, Mato Grosso, Alagoas e Tocantins. “Uma das bases deles era aqui [Palmas], mas não identificamos roubos dessa quadrilha no Estado. Eles costumavam fazer assaltos fora do Tocantins”, pontua. 
A delegada acredita que o dinheiro apreendido com os assaltantes seja oriundo do roubo de Vila Rica. “São notas sequenciais de caixas eletrônicos”, disse. 
De acordo com as investigações, havia fortes indícios da participação deles no apoio ao resgate da quadrilha. No entanto, depois de suas prisões ficou confirmado que não havia vínculo com o grupo investigado. “A prisão era para investigação, para que pudéssemos confirmar se havia ou não envolvimento deles”, disse o delegado Flávio Stringueta. 
Confronto 
No dia 16 de setembro, dois dos criminosos foram mortos em confronto com policiais do Batalhão de Operações Especiais (Bope), da Polícia Militar. O confronto ocorreu em uma região de mata, na divisa de Mato Grosso com o estado Pará, localidade onde também foi preso Bruno da Silva Aguiar, oriundo do Pará, autuado em flagrante nos crimes de roubo qualificado com uso de arma de fogo de uso restrito, concurso de pessoas e organização criminosa. 
Os dois criminosos mortos estavam com identidades falsas em nome Antônio de Oliveira, 47 anos e Cássio Almeida de Souza, 28 anos. A Polícia Civil confirmou que Antônio de Oliveira é na verdade Antônio Moura, conhecido por “Nego Véi”, líder de quadrilha de roubos a bancos que atuou nos estados do Pará, Maranhão, Rio Grande do Norte, Mato Grosso, também considerado um dos criadores da modalidade “Novo Cangaço”, que começou na década de 90, no Nordeste brasileiro. 
O segundo assaltante morte, usava identidade em nome de Cássio Almeida de Souza, mas trata-se de Rafael Carvalho Gonçalves, 30, oriundo do estado do Tocantins. 
Um fuzil AK 47, calibre 7,62mm e uma pistola ponto 40, cinco carregadores e munições foram apreendidas com os assaltantes mortos. Com eles também foram recuperados R$ 15,6 mil, em dinheiro.

Fonte: Sidney Silva

Crime de homicídio em Apodi-RN

Apodi- Por volta das 20:45 da noite de Domingo 29, A Central de Operações da Policia Militar recebeu uma informação que uma pessoa teria sido assassinada a tiros nas proximidades do kanecão, no centro da cidade. De imediato uma guarnição da Rádio Patrulha, composta pelo Sgt. Aldessandro, e os Sds. Neto, Caetano e Moreira, e constataram a veracidade dos fatos. A vítima conhecida popularmente por Charle Ciganosofreu vários disparos de arma de fogo. Segundo informações repassadas para a policia, dizia que charle cigano estava sentado na calçada quando dois elementos em uma motocicleta de cor prata, se aproximaram, e de muito perto, efetuarão os disparos e fugiram com destino ignorado. A vítima ainda foi socorrida para o hospital de Apodi por uma ambulância que passava no local, pois a sua pulsação foi sentida por uma enfermeira que estava nessa ambulância, mas o mesmo veio a óbito após da entrada na unidade hospitalar. A policia saiu em diligência na tentativa de prender os autores do fato, mas com tão pouca informações, não obtiveram êxito.

Fonte: Sentinelas do Apodi por Macaíba Polícia

Bando que agiu em Santana do Matos pode ser o mesmo que roubou F-4000 em Jardim do Seridó de um Curraisnovense

Na Foto: Local onde os bandidos agiram em Santana do Matos
A quadrilha que invadiu uma residência em Santana do Matos na manhã deste sábado, 28, e roubou um carro, tipo Chevrolet Agile, de cor vermelha, dinheiro e outros objetos, pode ser a mesma que tomou uma F 4000 de assalto de um Curraisnovense, na cidade de Jardim do Seridó, na última sexta-feira. A suspeita foi levantada após vítimas dos dois assaltos compararem o modus operandi da quadrilha nas duas situações, e encontrar grandes semelhanças, como, por exemplo, a quantidade de bandidos e as características físicas. 
Um filho da vítima do assalto em Jardim do Seridó entrou em contato com Policiais de Santana do Matos e solicitou as características dos bandidos que assaltaram aquela cidade. Após feita a comparação entre as duas quadrilhas, levantou-se a real suspeita de que pode se tratar do mesmo bando. 
Segundo as vítimas de Santana do Matos, as características eram as seguintes: um homem magro alto; um baixo forte; e o outro de estatura mediana, o que, de acordo com o Curraisnovense, são características bem semelhantes às dos homens que o assaltaram. 
Em Jardim do Seridó, o bando rendeu a vítima, a fez de refém até a cidade de Santa Maria, onde a abandonaram e seguiram com destino a outra cidade. Já em Santana do Matos, os bandidos chegaram por volta das 06h00 min, do sábado, renderam e amarraram a empregada e a proprietária da casa, só deixando a residência por volta das 10h30 min. 
Assim que os bandidos deixaram a residência, uma das vítimas saiu, ainda amarrada pelas mãos, gritando e pedindo socorro aos vizinhos. A Polícia foi rapidamente avisada e toda a área foi vasculhada por viaturas de Jucurutu, São Rafael e Santana do Matos, porém não foi possível localizar o bando, que saiu no veículo roubado e outro que estava no apoio.

Fonte: Blog PM Jucurutu

CORONEL EZEQUIEL: Criança de dois anos morre depois de cair em fossa

Uma criança de 2 anos morreu ao cair em uma fossa no município de Coronel Ezequiel, na região Agreste do Rio Grande do Norte.
STHEFANY BEATRIZ COSTA DE MACEDO brincava no quintal de casa na sexta-feira (27), quando saiu entrou no terreno do vizinho sem ser notada pelos pais e caiu na fossa aberta. De acordo com o cabo Isidro, da Polícia Militar da cidade, a menina foi enterrada neste sábado (29). "A criança não foi vista saindo.
Os pais procuraram e no fim da tarde encontraram ela na fossa do vizinho. Foi uma fatalidade", afirma o PM. Sthefany ainda foi socorrida ao hospital de Coronel Ezequiel e encaminhada para a cidade de Santa Cruz, onde já chegou sem vida. O Instituto Técnico-Científico de Polícia (ITEP) apontou afogamento como causa da morte da criança.

Fonte: G1/RN 

domingo, 29 de setembro de 2013

Acorrentada pela droga

Uma corrente e dois cadeados prendem a perna esquerda da menina à cadeira de metal. O corpo franzino quase não tem forças para arrastar o objeto pela sala. O atrito das correntes com o piso produz um som perturbador. Há três meses, Vanessa (nome fictício), 16 anos, é mantida acorrentada dentro da própria casa. A chave dos cadeados estão com a mãe. Foi ela quem decidiu acorrentar a filha. Uma atitude extrema e desesperada com o objetivo de tentar salvar a filha de uma outra prisão: as drogas.
Usuária de maconha e crack há mais de quatro anos, a menina foge de casa e age com violência sempre que está livre. Acorrentada, Vanessa é mantida sob a vigilância da mãe, avô e irmãos. A história dramática é mais um exemplo do potencial de devastação das drogas e revela o lado da sociedade onde as políticas públicas de combate ao uso de entorpecentes não chegam. 
“Minha filha começou a se drogar quando tinha 12 anos. No início era só maconha e não tinha tanto problema, mas, de uns tempos para cá, percebi que ela começou a usar outras drogas e ficou mais agitada e agressiva. Não era assim no início, mas ela passou a me xingar, brigar e quebrar as coisas. Eu não sabia mais o que fazer. O jeito foi acorrentar”, conta a dona de casa que prefere não expor a identidade. 
A mãe perdeu as contas da quantidade de vezes que a filha fugiu de casa para se drogar. A família mora num dos bairros de maior vulnerabilidade social da zona Oeste da capital. Encontrar quem ofereça uma pedra de crack não é difícil. Trancar portas e janelas para evitar a fuga já não adiantava. 
“Ela destelhava o teto e saía por cima. Pulava para casa vizinha e ia embora. Só voltava se a gente fosse atrás”, lembra a dona de casa e mãe de mais dois filhos – um jovem de 15 anos e uma menina de 12. “Quando tentava conversar, ela me esculhambava. Fazia coisa que eu nunca imaginava que seria possível”, completa.
A adolescente fala pouco. Quando a reportagem chegou à residência, na última quarta-feira, a menina fumava um cigarro de palha enquanto assistia um programa policial na TV. Esboçou um sorriso que, por um instante, trouxe leveza ao rosto marcado pelas consequências físicas de tantos anos consumindo drogas. Pés descalços, vestia uma blusa vermelha e short jeans curto. Nas unhas dos pés, esmalte vermelho. Um piercing no nariz, anéis, pulseira e brincos enfeitam a menina. 
Não há marcas ou feridas no calcanhar onde a grossa corrente está pendurada. Dois cadeados seguram a prisioneira à cadeira. Ela se movimenta pouco. Caminhar arrastando o assento é difícil. Levanta para verificar a panela que está no fogão e volta a se sentar. Onde vai, carrega o peso. Os momentos de liberdade são restritos a ida ao banheiro. À noite, a corrente e cadeados acompanham a menina no leito onde dorme.
As respostas são curtas e vazias. Às vezes, sem nexo. “Não sei o porquê estou aqui. Queria que alguém respondesse”, diz quando questionada sobre sua situação. “Se eu saísse, ia na casa de uma amiga pegar uma calça que está lá”, é a resposta sobre o que gostaria de fazer. “Levar injeção, é? Queria sim”, dispara ao comentar a possibilidade de se submeter a tratamento médico. Outras perguntas foram feitas, mas o silêncio e um olhar vazio encerraram a conversa. 
Em atitude extrema e desesperada, uma mãe acorrenta a filha de 16 anos para tentar salvá-la do mundo das drogas
O irmão de 15 anos conta o drama de ter uma irmã viciada. “Quando ela saía, eu que ia atrás. Sempre era uma briga. Ela me batia, rasgava minha roupa. Não gosto de ver ela presa, mas é melhor do que se estivesse na rua”, pondera. 
Uma equipe do Programa Saúde da Família (PSF), durante visita ao avô da garota, foi quem questionou a mãe sobre a condição da filha. Os profissionais contam que procuraram vagas na rede de assistência municipal, mas não encontraram. O Conselho Tutelar da área não foi avisado. “Não procurei ninguém. Não sei a quem recorrer, mas quero que ajudem minha filha”, explicou a mãe. 
O juiz da 1ª Vara da Infância e Juventude de Natal, José Dantas, explica que, em casos como o de Vanessa e outros que envolvem direitos de crianças e adolescentes, a primeira providência é procurar o Conselho Tutelar. “É o órgão de porta de entrada. Os conselheiros vão orientar como proceder”, diz. O magistrado explica ainda que, mesmo com motivos justificáveis, a mãe comete crimes ao acorrentar a garota. “Pelo menos os maus tratos já estão caracterizados. Mas, na minha visão, essa mãe precisa mais de apoio que punição”. 

Fonte: Tribuna do Norte

MOSSORÓ: Médico recém-formado morre na manhã de hoje

Mossoró amanheceu mais triste hoje. O médico recém-formado Dr. Adriano Nogueira, 28 anos faleceu na madrugada de hoje em Mossoró. De acordo com informações o médico não teria comparecido nessa manhã, ao trabalho, onde as 7hs da manhã estava escalado no plantão da UPA São Manoel. Como não chegou, ligaram para sua residência e seu pai foi até seu quarto e abrindo a porta se deparou com o jovem médico passando mal. Os familiares o conduziram as pressas para própria UPA , mas ele não resistiu e veio a óbito. As causas da morte serão investigadas, pois algumas pessoas amigas informaram ou nosso blog, que pode ter sido por infarto, algumas relataram que nos últimos dias o jovem vinha bastante triste e uma possível depressão. Adriano Nogueira é recém-formado na UERN (Universidade Estadual do Rio Grande do Norte). Nossos votos de pesar a toda família.

Fonte: Passando na Hora

Foragido por homicídio é preso em blitz com arma e lista de bancos que seriam explodidos na Paraíba

Clebson Antônio
O desempregado Clebson Antônio da Silva, 26 anos, que estava foragido da Justiça por causa de um homicídio, foi preso nesse sábado (28) durante uma blitz na cidade de Campina Grande, Agreste paraibano. O acusado foi abordado por agentes da Companhia de Trânsito (CPTran) e com ele foi encontrada uma lista de bancos que seriam explodidos na Paraíba.
De acordo com informações do relatório da Polícia Militar, Clebson Antônio – que inicialmente se apresentou com o nome de Matheus Henrique do Nascimento – estava dirigindo uma Eco Sport sem placas, quando foi abordado por policiais da CPTran da feirinha do conjunto Severino Cabral.
Os policiais iniciaram uma inspeção dentro do veículo e encontraram uma pistola ponto 40, que é de uso restrito das Forças Armadas, um colete balístico, munições e uma lista com vários nomes e localizações de banco que seriam alvo de explosões. Ao consultar o infoseg ficou comprovado que o veículo tinha queixa de roubo no estado do Rio Grande do Norte e ele um mandado de prisão por homicídio.
Segundo a polícia, Clebson Antônio é suspeito de ter participado da explosão ao banco da cidade de Cataurité, no início de setembro deste ano. O acusado foi preso em flagrante e encaminhado para a Central de Polícia de Campina Grande onde ficará a disposição da Justiça paraibana.

Fonte: Portal Correio

TIBAU: Policiais do DENARC são recebidos a bala, no confronto bandido morre, outro foi baleado e mais dois presos

Policiais da DENARC, sobre o Comando do Delegado Dr. Rafael Arrais, seguiram em diligência na tarde de sexta feira 27\09\13, por volta das 15h30, até a praia de Gado Bravo, localizada entre os municípios de Tibau-RN e a cidade de Grossos-RN, região litorânea da Costa Branca. De acordo com informações repassadas pelo Dr. Rafael Arrais, ele investigava uma quadrilha acusada de tráfico de drogas na região, e segundo ele o chefe seria "Maycon". Chegando na localidade, os policiais monitoraram uma residência, onde alguns homens bebiam. Dois deles Tássio e Mário saíram da casa e foram abordados pelos policiais. Em seguida juntamente com os policiais, foram até a casa. Na chegada os Policiais deram voz de prisão aos que estavam do lado de fora, foi quando JOÃO PAULO tentou correr e foi contido com um disparo em uma das pernas. O que os policiais não esperavam, foi a reação após os disparos lá fora, da pessoa de MAYCON FERNANDES MELO, 36 ANOS, Maycon estava dentro da residência e mesmo os colegas pedindo e gritando para ele que era polícia, ele não levou em contas e passou a atirar contra os policiais que revidaram. A esposa de João Paulo que estava na residência, nos informou que a todo tempo ela gritava para ele se entregar e o mesmo não obedecendo foi alvejado com um único tiro que atingiu a região abdominal. Maycon morreu na hora e seu corpo foi conduzido para o ITEP em Mossoró por uma equipe do Instituto Técnico e Científico de Polícia. Os policiais solicitaram o apoio da PRF (Polícia Rodoviária Federal) para auxiliar no translado de alguns veículos que estavam com os suspeitos. Todos os veículos, incluindo um quadriciclo, foram conduzidos a DP Plantão, assim como uma arma tipo pistola utilizada por Maycon, uma escopeta Cal. 12 com várias munições intactas, e cerca de 1kg de crack.
JOÃO PAULO DE PAIVA BESSA, 32 ANOS, foi autuado no artigo 33, 35, na lei do tráfico de drogas e associação ao tráfico, além do artigo 16 parágrafo 4º da lei do porte de armas.
TÁSSIO SOUZA GUERRA, foi autuado no artigo 33 e 35 tráfico e associação ao tráfico de drogas.
MÁRIO RENNE FORTE DE LIMA BEZERRA, 26 ANOS, foi autuado também no artigo 33 e 35 tráfico e associação ao tráfico de drogas. Todos os acusados são de Mossoró, dois deles residentes no bairro Abolição IV.
No total cinco pessoas foram conduzidas para a DP Plantão, três foram liberadas por falta de provas contra os mesmo, incluindo uma mulher que é esposa de João Paulo, baleado na ação policial.

Fonte: Passando na Hora 

Polícia Militar intensifica fiscalização e apreende motocicletas

Policiais Militares da cidade de São Vicente/RN, comandada pelo o Sargento Emérson, intensificam a fiscalização no combate aos crimes de trânsito.Sexta-feira (27/09/13) duas motocicletas que eram pilotadas por duas adolescentes de 16 e 17 anos foram apreendidas. Outra moto Honda Strada 200cc que era conduzida pela a pessoa de FRANCISCO OLIVEIRA GALVÃO VULGO ASSIS CIPRIANO também foi apreendida depois que o condutor praticava direção perigosa circulando em alta velocidade pelas ruas da cidade com a moto sem freios. Vários populares ajudaram a guarnição a localizar o acusado, depois que esse quase provocou vários acidentes.

Fonte: PM de Currais Novos

sábado, 28 de setembro de 2013

Colisão entre caminhonete e ônibus da Cabral na BR-406 próximo a cidade de Macau/RN

Um acidente tipo colisão envolvendo uma caminhonete e um ônibus da empresa Expresso Cabral, foi registrado na noite desta sexta-feira(27) na BR 406, próximo a estrado do óleo em Macau.
Segundo informações o acidente ocorreu por volta das 19h no momento em que o motorista de uma Hillux teria entrado em alta velocidade no trevo da BR 406 com a estrada do éleo, o ônibus da Cabral que trafegava na BR não teve como evitar a colisão e bateu em cheio na lateral da caminhonete.
Alguns passageiros do ônibus da Cabral tiveram ferimentos leves pelo corpo. O motorista da Hillux foi atendido no local por uma equipe do SAMU e em seguida foi encaminhado para Natal.

Fonte: Macau em Fotos por Eduardo Dantas

Bronca do Povo, População cobra conserto de esgoto na Rua Riacho do Trangola em Currais Novos

Em seu facebook Nilton Cesar, fez a publicação da situação difícil, dos moradores do referido bairro, como a situação do esgoto da Rua Riacho do Trangola, pedindo a solução do problema a CAERN ou mesmo a Prefeitura de Currais Novos.

Fonte: Blog de Currais Novos