sexta-feira, 10 de fevereiro de 2017

DHPP realiza operação e prende seis pessoas na Favela do Mosquito

Foto: Divulgação / Degepol
Uma operação realizada pela Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), com o apoio da Força Tática do 9º Batalhão e do 4º Batalhão de Polícia Militar, prendeu em flagrante, na madrugada desta sexta-feira (10) na Favela do Mosquito, seis homens, sendo três foragidos da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, dois presos por mandado de prisão em aberto e um em flagrante. Durante a ação, ocorrida na Zona Oeste da capital, os policiais apreenderam drogas, balanças de precisão, aparatos relacionados ao tráfico de drogas, anotações contendo entrada e movimentação de munições e armas, uma pistola calibre 9 milímetros, vários celulares, documento falso, e uma motocicleta Honda Fan 125 roubada.
Dentre os presos na operação, três eram foragidos do pavilhão 05 de Alcaçuz, onde teriam fugido por um túnel no dia 14 de janeiro durante uma rebelião no presídio, sendo eles: Aleff Marrone da Silva Correa, 23 anos, preso por homicídio e já condenado por assalto; Natécio de Lima, preso por assalto; e Shakespeare Costa de França, 24 anos, preso por porte ilegal de arma de fogo de uso restrito e já condenado por assalto. Dois dos presos estavam com mandado de prisão em aberto, sendo: Aurélio Nascimento da Silva, 25 anos, encontrado com um documento de identidade falso e um caderno com anotações de movimentação de munições; e Gilton Amaro Barbosa Júnior, 22 anos, integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital, preso por assalto. Cléiverson Wilson da Silva, 18 anos, foi preso em flagrante pelo crime de tráfico de drogas.
Em coletiva realizada nesta sexta-feira, o diretor da DHPP, Ben-Hur Medeiros, o delegado, Ernani Júnior, e o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, detalharam a operação. “Através da operação realizada hoje, a qual contou com a participação de 16 policiais civis e 20 policiais militares, conseguimos desmembrar mais um grupo criminoso. Durante a ação, encontramos uma pistola 9 milímetros com o ‘Shake’, que confessou ser foragido de Alcaçuz, sendo ele autuado também por porte ilegal de arma de fogo uso restrito. Dentre o material apreendido, encontramos uma motocicleta apreendida, que foi tomada de assalto ontem a tarde. Nessa organização criminosa havia também uma pessoa, conhecida como ‘contador’ ou ‘anotador’, a qual era responsável por todo o controle do armamento e da munição que entrava e saía do local”, detalha o delegado da DHPP, Ernani Júnior.
Segundo o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Correia Júnior, equipes de polícias civis e militares estão trabalhando para recapturar os foragidos da última rebelião ocorrida no presídio de Alcaçuz. “Na madrugada de hoje, a Polícia Civil, juntamente com a Polícia Militar, apreendeu uma vasta quantidade de material ilícito com esses seis homens, entre eles alguns fugitivos, sendo todos autuados pelo crime de associação criminosa. Desde a situação ocorrida no sistema prisional de Alcaçuz, os policiais estão trabalhando com afinco para recapturar todos os foragidos, e a operação realizada nesta sexta-feira é mais um reflexo desse trabalho”, destaca o delegado geral adjunto, Correia Júnior. 

Fonte: Portal BO

Nenhum comentário:

Postar um comentário