terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Polícia Militar prende dupla suspeita de atirar dentro de residência e tentar matar desafeto, em Jucurutu

 
A Polícia Militar de Jucurutu prendeu, no final da tarde desta terça-feira, 31 de janeiro, dois suspeitos de, na noite de ontem (segunda-feira) terem praticado disparo de arma de fogo dentro de uma residência no Centro da Cidade de Jucurutu, na tentativa de assassinar o proprietário da casa. Acesse a matéria completa clicando AQUI.
Foram presos, Samilo Elias de Araújo, 23 anos, e Jéferson Souza da Silva, vulgo “Boinho”, 21 anos. Os dois estão sendo autuados em Flagrante da Delegacia de Polícia Civil de Jucurutu e devem ficar presos, à disposição da Justiça. De acordo com informações do proprietário, que foi até a Companhia da Polícia Militar informar que bandidos a teriam furtado na manhã de ontem, dia 30 de janeiro.
Samilo e “Boinho” já respondem ou responderam por crimes. O primeiro, por Tráfico de Drogas e o segundo, por roubo (assalto). Os dois saíram da cadeia há pouco tempo, mas insistiram em continuar na vida do crime, mesmo tendo o apoio de suas famílias para que se reabilitassem, mas, infelizmente, o esforço dos familiares não surtiu efeitos diante do poderoso mundo das drogas e do crime como um todo.

Fonte: Blog PM Jucurutu 

Nove membros da facção Família do Norte são presos em Aracati e Canoa Quebrada

Nove integrantes da Família do Norte (FDN), a terceira maior facção criminosa do País, segundo a Polícia Federal, foram presos, na tarde desta segunda-feira (30) em Canoa Quebrada e em Aracati. Através de informações e denúncias anônimas, os policiais militares do Comando Tático Rural (Cotar) e do Batalhão de Choque (BPChoque) chegaram até os suspeitos.
Dos 9 presos, 4 estavam em uma casa no bairro Cohab, em Aracati. Samuel Matheus Ferreira Mota, de 20 anos, e sua namorada, Ângela Ferreira da Costa, 47, conhecida como ‘Coroa’, líder da FDN em Aracati e Canoa Quebrada; Robério Simão de Lima, 40, e Erenildo Vitor da Silva, de 30 anos, também conhecido como ‘Bolinha’ e suspeito de ter cometido um homicídio no último dia 26, no bairro Baixada em Aracati, que vitimou um homem conhecido como Erlan.
Os outros cinco foram presos em uma casa na Rua Por do Sol, em Canoa Quebrada. Michael Anderson da Câmara Pessoa, 28, conhecido como ‘Maikon Bocão’; Maria Victória Rebouças da Silva, 18; Walisson dos Santos Barbosa, 20, o ‘Popó’, e Alexsandra Viana da Silva de 18 anos. O último preso, José Ednardo Campelo Bessa Filho, de 22 anos, é ainda suspeito de participação no homicídio a um cabo da PM, em um assalto a loja Macavi em 4 de novembro do ano passado, em Limoeiro do Norte. De acordo com o Cotar, Ednardo estaria também saindo da FDN e indo para a facção Guardiões do Estado (GDE). A Polícia diz ainda que ele estava entre os ex-companheiros, pois ainda “tinha contas a acertar com alguém da FDN”.
A operação de rotina da 5a Cia do Cotar também apreendeu seis aparelhos celulares, R$ 161 em cédulas e R$ 89,95 em moedas, um revólver calibre 32 com 6 cartuchos intactos, uma faca, um aparelho de som automotivo, um veículo Volkswagen Gol vermelho, embalagem plástica para fazer papelotes de drogas e um total de 130 gramas de crack, maconha e cocaína em papelotes, prontas para comercialização. Os suspeitos vão responder por tráfico de drogas, associação para o tráfico e porte ilegal de arma.

Fonte: Diário do Nordeste

Cinco homens são detidos por furto de burro e maus-tratos a animal levado em carro

burro_1
Cinco homens foram conduzidos à Delegacia de Maranguape, no interior do Ceará, após furtarem um burro nesta terça-feira (31). O animal estava dentro de um carro e seria levado a Fortaleza para ser trocado por um carneiro.
Segundo a Polícia Civil, o grupo foi flagrado transportando o animal, na localidade de Serra do Lajeiro. O carro teve de parar por causa de um pneu furado e os policiais avistaram o burro dentro do carro, um Volkswagem modelo Gol.
Eles informaram aos agentes que o burro seria levado a uma feira na capital, onde seria trocado por um carneiro. O animal seria usado para comemorar o aniversário da mãe de um dos homens.
O delegado de Maranguape fez um termo circunstanciado de ocorrência (TCO) por maus-tratos. No início desta tarde, os agentes de segurança localizaram o dono do burro e constataram que o animal havia sido furtado. Um inquérito deverá ser instaurado na delegacia, e os suspeitos poderão responder também por furto.

Fonte: G1/Ceará

Após 2h15 de depoimento, Eike deixa a superintendência da Polícia Federal

O empresário Eike Batista terminou, às 17h15 desta terça-feira (31), seu depoimento na Superintendência da Polícia Federal na Zona Portuária do Rio. Ele foi ouvido durante 2h15 por dois policiais e dois procuradores, embora tenha ficado por cerca de 4hs no local.
Às 18h47, ele foi transferido de volta para a prisão. O empresário deixou a PF num carro policial sem escolta.
O empresário deixou no início da tarde a Penitenciária Bandeira Stampa, no complexo de Gericinó, Zona Oeste do Rio, em direção à Superintendência da Polícia Federal, na Praça Mauá, onde falou sobre as acusações de pagamento de propina a políticos, reveladas pela Operação Eficiência.
Imagens da Globonews mostraram o empresário de cabeça raspada e com uniforme do sistema prisional sendo levado para um carro da Polícia Federal. Ele chegou à PF às 14h45, aos gritos de ladrão de pessoas que estavam na porta da superintendência da corporação.
Pouco antes, o advogado de Eike, Fernando Martins, chegou à Superintendência da PF e disse a jornalistas que “a princípio não há possibilidade” do empresário fazer uma delação. Ao sair da superintendência, ele não falou com a imprensa.

Fonte: G1

Policial militar baleado em tentativa de assalto morre no hospital

O policial militar Daniel Oliveira Pessoa, que foi baleado durante uma tentativa de assalto em um shopping na zona Norte de Natal, não resistiu aos ferimentos e morreu, na tarde desta terça-feira (31). O soldado tinha 31 anos e havia entrado na PM em 2010.
A ocorrência aconteceu no final da manhã, quando o policial estava no shopping e teria percebido um assalto em uma joalheria. Mesmo sem estar de serviço, o soldado acabou entrando na loja e foi surpreendido pelas costas por um bandido que estava do lado de fora da loja.
A ação dos bandidos foi flagrada por uma câmera de segurança. Logo após atirar no policial, os dois assaltantes fugiram correndo.

Fonte: Portal BO

Juiz decreta prisão de acusado de ser mandante de crime em Currais Novos

O Juiz da vara criminal de Currais Novos, Ricardo Cabral, decretou a prisão de João Haussler Rodrigues Júnior, o mesmo é acusado de ter sido mandante de um crime ocorrido na ultima sexta-feira (27/01). Na ocasião, a pessoa de Francisco Ivanaldo da Silva, teria sido acionada por João, que lhe ofereceu R$ 2.000,00 reais para que o mesmo assassinasse a pessoa de Franciélio Barbosa de Sousa, isso segundo o próprio Francisco. João Haussler se apresentou ao CDP da cidade de Currais Novos na noite da ultima segunda-feira (30/01).

Líderes de PCC no RN são transferidos para penitenciária federal

Cinco presos integrantes da facção Primeiro Comando da Capital (PCC), e que são apontados como líderes da rebelião que aconteceu na Penitenciária de Alcaçuz ocorrida no dia 14 de janeiro, foram transferidos da Central de Flagrantes da Polícia Civil para uma Penitenciária Federal, na manhã desta terça-feira (31).
O trabalho de transferência foi realizado por agentes penitenciários, policiais militares e policiais civis. Participaram da ação integrantes do Grupo de Escolta Penal (GEP), Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), Batalhão de Polícia de Choque, Ronda Ostensiva Com Apoio de Motocicletas (ROCAM) e Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE).
Os cinco detentos foram indiciados pela Polícia Civil por todos os 26 homicídios cometidos dentro do presídio, pelos crimes de dano público, lesão corporal, vilipêndio de cadáver e associação criminosa.
Quem são os detentos transferidos:
1) José Cláudio Candido do Prado: Ele foi condenado a 75 anos de prisão pela prática dos crimes de homicídio, roubo e tráfico de drogas. José Cláudio é do Estado de Mato Grosso.
2) Tiago de Souza Soares: Condenado a 38 anos e seis meses pela prática dos crimes de homicídio e tráfico de drogas.
3) Paulo da Silva Santos: condenado a 32 anos pelos crimes de extorsão e tráfico de drogas.
4) João Francisco dos Santos: condenado a 39 anos por ter matado o jornalista F Gomes.
5) Paulo Márcio Rodrigues de Araújo: é preso provisório, ainda não foi condenado. Ele é da cidade de Ipanguaçu.

Fonte: Portal BO
 

Janeiro chega ao último dia com alta de 80% no número de PMs mortos no RJ

Número de PMs mortos cresce 80% (Foto: Editoria de Arte/G1)
Chega ao fim o mês de janeiro e, até a noite desta segunda-feira (30), 18 policiais militares do Rio de Janeiro morreram; outros 42 foram feridos. Dos mortos, quatro estavam em serviço, 12 de folga e outros dois eram PMs aposentados. Isso corresponde a um aumento de 80% nos casos comparado com o mesmo mês de 2016, quando dez PMs foram mortos - um estava de serviço e nove de folga.
São dados que demonstram como o recrudescimento da violência no estado atinge diretamente a corporação. Os altos índices de letalidade e a calamidade financeira do estado são apontados como fatores que têm contribuído para corroer o psicológico de PMs, que cada vez mais têm procurado atendimento especializado para solucionar questões associadas à sanidade mental.
"Uma coisa que a gente ouve muito é que com esse atraso de inativos e de pensionistas, o policial não pode morrer. Por que o que será da família dele se, além de perder o pai, vai ficar sem salário? E aí, a gente percebe que essas mortes vulnerabilizam muito o policial", diz o chefe do Núcleo Central de Atendimento Psicológico da PM, tenente-coronel Fernando Derenusson.
O oficial ressalta que, só em 2016, o núcleo concedeu 1.398 pedidos de licença a militares que declararam estar impossibilitados de trabalhar por problemas psicológicos ou psiquiátricos. Um número que, segundo o chefe do setor, significa atualmente aproximadamente 4% do efetivo da corporação, que hoje conta com 47 mil homens.
Como chefe da seção, Derenusson acompanha de perto o que a derrocada do Estado tem causado à categoria. Grande parte tem sofrido de distúrbios e reclamado da falta de salários e cargas horárias incompatíveis. Só no último ano, a ampla maioria dos atendimentos (46%) foi feita a policiais da ativa - aqueles que estão envolvidos diretamente no policiamento ostensivo.
Defasagem de profissionaisA quantidade de atendimentos é expressiva - 20 mil policiais foram atendidos em 2016 -, mas pequena diante do universo de quase 300 mil pessoas que o setor psicológico da corporação poderia atender. O tenente-coronel considera insuficiente o número de profissionais disponíveis para suprir a demanda.
"A procura, tanto pela psicologia quanto pela psiquiatria, está refletindo o aumento da pressão que a Polícia Militar vem sofrendo. Existe uma crise, aumenta a violência na sociedade. Aumenta a violência, aumenta a exposição do policial a estresse pós-traumático, ao trauma, ao risco. Então, aumentou, sim, a procura por atendimento por causa dessa crise", diz o oficial.
Somados os fatores crise financeira e aumento da violência, o oficial ressaltou que o policial tende a ficar mais vulnerável. Uma das questões que têm afligido a tropa, por exemplo, é a indefinição sobre o aumento da contribuição previdenciária. Esta semana o Governo do Rio deve apresentar à Assembleia Legislativa um novo pacote de medidas de austeridade e uma delas incluirá o aumento da alíquota.
Ao todo, a equipe que atende a PMs é composta por 98 psicólogos, sendo que 32 deles atendem em batalhões e outros 29 em unidades de saúde da PM - dois hospitais e quatro policlínicas. Os outros profissionais são distribuídos em unidades administrativas ou de instrução militar.
Além de psicólogos, a equipe também conta com quatro psiquiatras designados para atender a casos mais críticos nos quais o policial precisa, por vezes, ser afastado de acordo com avaliação clínica.
Derenusson conta que, em 2015, o número de psiquiatras na corporação foi cortado pela metade (antes eram oito). Hoje, ele considera que não há psiquiatras suficientes para atender aos 47 mil homens. Para sanar o problema, o oficial defende a realização de um concurso para repor os profissionais que foram cortados.

Permanência das Forças Armadas em Natal é prorrogada por cinco dias

GNews - Forças Armadas em Natal (Foto: Reprodução/GloboNews)
Forças Armadas estavam atuando no RN desde o dia 20 de janeiro (Foto: Reprodução/GloboNews)
A atuação das Forças Armadas no Rio Grande do Norte foi prorrogada por mais cinco dias. A Operação Potiguar II, conforme decreto presidencial, tinha previsão para terminar nesta segunda-feira (30), mas com a renovação as tropas devem permanecer na capital potiguar e região metropolitana até dia 4 de fevereiro.
O Governo do RN enviou, na sexta-feira (27), documento ao Governo Federal solicitando prorrogação por mais dez dias. No entanto, a permanência foi renovada por apenas mais cinco dias.
No documento, o governador Robinson Faria elencou cinco motivos para fundamentar a necessidade da continuidade da Operação Potiguar II. Em um dos tópicos, o Governo do Rio Grande do Norte diz que há possibilidade de que os ataques às agências bancárias tenham relação com facções criminosas que roubam “para se capitalizarem de forma a possibilitar ações contra o estado”.
A Operação Potiguar II teve início no dia 20 de janeiro, contando com militares do Exército, da Aeronáutica e da Marinha. No total, 1.800 militares foram designados para patrulhamento nas ruas de Natal e região metropolitana, com objetivo de combater ataques de facções criminosas.

Fonte: G1 RN

Mulher acusada de matar o marido vai pra cadeia

Imagem
Isabele Cristina Oliveira de Souza, principal suspeita na morte do marido, o moto taxista, Marcos Antônio Galdino do Nascimento, de 39 anos, foi encaminhada na manhã de ontem, 30 de janeiro, ao Pavilhão Feminino da Penitenciária Mário Negócio em Mossoró.
Ela foi presa em flagrante pela Polícia Militar, na tarde de domingo, 29 e encaminhada à Delegacia de Plantão.
Diante das evidências, o delegado de Plantão lavrou o auto de prisão em flagrante e autuou a dona de casa no artigo 121 pelo crime de homicídio.
Antônio Galdino, foi atingido, no peito e no pescoço, com duas cutiladas de faca peixeira na tarde de domingo e morreu na sala de sua residência, na Rua Maximiano Urbano de Sales, no bairro Barrocas.

Fonte: Fim da Linha

CASAL SOFRE ATENTADO A BALA EM MARTINS, O HOMEM VEM A ÓBITO

 
Um homem de nome Carlos Diniz Rodrigues, de 35 anos, mais conhecido como "Diniz de Pedrinho vaqueiro" que foi vítima de vários tiros provavelmente de pistola, no bairro Jocelyn Vilar, próximo ao chafariz dos colégios, que na ocasião estava acompanhado de sua esposa Francisca Edileuza Costa, que também foi baleada.
Os dois foram socorridos para o Hospital de Martins, em seguida transferido para o Hospital Regional de Pau dos Ferros, onde se via que o caso de "Diniz" era bastante grave, pois o mesmo foi atingido na cabeça, Tórax, barriga e pernas e mesmo assim ainda chegou com vida naquela unidade hospitalar, mas não resistiu aos ferimentos provocados pelas balas, os médicos ainda tentaram reanimá-lo, mas "Diniz" veio Óbito.
Seu corpo será levado para a sede do ITEP em Mossoró-RN, onde será Necropsiado e em seguida liberado para o sepultamento que deverá acontecer no final da tarde desta segunda feira 30 de janeiro.
A polícia militar esteve presente no local, mais não tem pista de que teria sido o autor ou autores dos disparos que causaram a morte de "Diniz".
Sua esposa Edileuza, saiu de Martins consciente para Pau dos Ferros, mas teve o quadro de saúde agravado, pois passou s sentir cansaço e falta de ar. Segundo informações teve um pulmão perfurado pela bala e provavelmente o outro pulmão também podia ter sido atingido e por medida de segurança para a saúde da mesma foi transferida às pressas para o HRTM Hospital Regional Tarcísio Maia de Mossoró, onde foi submetida a procedimento cirúrgico de urgência.
As investigações ficaram a cargo da Delegacia da Policia Civil de Martins-RN.

Fonte: Martins em Pauta

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Ótima Oportunidade de aluguel!!!


Para você que quer  mora bem com Conforto e segurança, casas para alugar no Condomínio Antônio Alves Pontes , localizado Rua Maria dos Anjos ,95 Paizinho Maria. Casas de 2 e 3 quartos sendo uma  Suíte, Porteiro 24hs, área de lazer com Piscinas Adulto e infantil, Churrasqueira e salão de festa, Câmeras de segurança, e Agua de Poço Próprio.
Contatos : Zezildo (84) 9.9998-7661 Claudia (WhatsApp) 9.9905-2998 – 9.8835-6260.

Dois dos 26 detentos foram mortos a tiros, diz laudo sobre Alcaçuz

Ao todo, até o momento, Itep já recolheu corpos de 26 presos em Alcaçuz (Foto: Divulgação/PM)
Os corpos de 26 presos já haviam sido recolhidos em Alcaçuz e mais partes foram encontradas no sábado (21) (Foto: Divulgação/PM)
Dois dos 26 detentos vítimas da matança na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, ocorrida entre os dias 14 e 15 passados, foram mortos com tiros. É o que diz o laudo da causa das mortes divulgado pelo Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). 15 foram decapitados, conforme divulgou o Itep em 16 de janeiro. Outros foram mortos degolamento, perfurações ou sangraram até a morte. Três não identificados foram queimados vivos.
Jefferson Pedroza Cardozo e George Santos de Lima Júnior foram presos por roubo e estavam em Alcaçuz. De acordo com o laudo, os dois foram mortos por “anemia aguda devido hemorragia interna, devido a ferimentos produzidos por projéteis de arma de fogo tipo balim”. Durante revistas realizadas ontem (29), agentes encontraram três revólveres, uma pistola, uma mini pistola e ainda três espingardas calibre 12 feitas artesanalmente pelos próprios presos.
Dos outros 24 detentos, 11 foram mortos por perfurações, sete foram mortos sendo decapitados, três por esgorjamento – perfuração no pescoço – e três foram queimados ainda com vida. Até o momento, 22 corpos tiveram suas identidades reveladas. A identificação dos três presos carbonizados só poderá ser feita através de exames de DNA, que são feitos em outro estado, de acordo com o Itep.
Decapitações e esquartejamentos
As decapitações e esquartejamentos de presos durante a rebelião registrada no sábado (14) dificultaram a identificação dos corpos e alguns foram liberados para as famílias sem cabeça. Até o momento, 26 cadáveres foram encontrados em Alcaçuz, mas no sábado (21), cinco partes de corpos de presos assassinados durante as rebeliões foram encontradas. De acordo com a direção do Itep, em um mato próximo a um dos muros da unidade, foram encontradas duas cabeças, um antebraço, um braço e uma perna.
Armas brancas
Mais de 500 armas brancas foram encontradas por homens do Grupo de Operações Especiais (GOE) do governo do Rio Grande do Norte e agentes federais de execução penal da força-tarefa durante uma operação nos pavilhões 4 e 5 na última sexta-feira (27). Os agentes apreenderam tesouras, facas, facões e barras de ferro que foram usadas pelos detentos como armas.
Condenações
Dos 22 identificados, 14 cumpriam pena por roubo ou furto. Seis mortos eram condenados por tráfico de drogas ou associação para o tráfico. Cinco respondiam por homicídio ou latrocínio. Dois deles estavam presos por tentativa de roubo. E outros dois, por porte ilegal de arma de fogo. Um detento respondia por corrupção de vulnerável. E um último era condenado por uma tentativa de latrocínio. O número de crimes elencados – 31 – supera os 26 mortos porque há detentos que estavam condenados por mais de um crime.
Pelo menos 109 detentos do pavilhão 5 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz terão suas penas aumentadas. Os presos foram ouvidos neste sábado (28) e, de acordo com a Polícia Civil, serão autuados de acordo com suas responsabilidades por posse de arma de fogo, posse de drogas, dano qualificado, apologia ao crime, associação criminosa ou motim.
Campo de batalha
O espaço que liga os pavilhões é ocupado por duas facções rivais, Sindicato do RN e Primeiro Comando da Capital (PCC).Para evitar que os membros das facções circulem livremente pelos pavilhões após mortes no local, ⁠⁠⁠contêineres foram instalados para separar os pavilhões 4 e 5 (do PCC) dos pavilhões 1, 2 e 3 (do Sindicato do RN). Os contêineres serão substituídos por um muro de concreto. A Penitenciária de Alcaçuz deve ser desativada ainda este ano.
Operação Phoenix
A operação marca o início da ação da força-tarefa de agentes federais de execução penal criada pelo Ministério da Justiça em meio à série de rebeliões e mortes ocorridas em prisões brasileiras. Um grupo de 78 profissionais chegou ao Rio Grande na noite da última quarta.
Os agentes, de outros estados, têm treinamento especial para atuação em casos específicos como rebeliões, controle da população carcerária e intervenção em unidades prisionais. O trabalho desses profissionais é acompanhado pelo Departamento Penitenciário Nacional.

Fonte: G1/RN

Caicó: Eletricista é preso com rádio da PM; pelo whatsapp ele avisava das operações

A coisa não está fácil, nem para a polícia. Na tarde dessa segunda feira, 30 de janeiro, a Polícia Militar de Caicó, por meio do GTO (Grupo Tático Operacional), cumpriu um mandado de busca e apreensão na rua Mundo Novo, nº 1044, no bairro Paraíba, zona leste da cidade, e flagrou um jovem modulando um rádio na frequência da PM.
O major Costa, que comando do 6º BPM, disse ao blog Jair Sampaio que a informação chegou a polícia por meio de denúncia anônima, com isso, foi feito um trabalho de monitoramento, que culminou com a prisão de WILSON ROCHA, 24 anos. Ele é eletricista e trabalha numa oficina que conserta viaturas policiais, de onde roubou o rádio.
Ainda de acordo com Costa, o rapaz administrava um grupo de whatsapp com o sugestivo nome de "SINTONIA DO RÁDIO", onde ele retransmitia todas as conversas da Polícia Militar, principalmente quando estes estão em operação. "Ele gravava os áudios da frequência e jogava no grupo para os comparsas se antenarem", disse o major.

Fonte: Jair Sampaio

Homem é assassinado a golpes de faca no bairro Vertentes em Assu, PM prende o acusado em flagrante

 
Na madrugada de hoje 30 de janeiro de 2017, a polícia militar recebeu a informação de que um homem teria sido esfaqueado no bairro Vertentes, mais precisamente por trás da lavanderia do bairro.
Policiais se deslocaram para o local e constataram a veracidade das informações, a vítima até o momento não identificada foi socorrida para o hospital regional de Assu, mas já chegou sem vida na unidade hospitalar.
O acusado de ter cometido o crime conhecido por Andinho, foi preso em flagrante e levado pelo GTO para a ser flagranteado na cidade de Mossoró.

Fonte: Focoelho

Acidente envolvendo ônibus e carro deixa um morto e três feridos em Canguaretama

IMG-20170130-WA0004-1024x767
Um acidente com vítima fatal foi registrado por volta de 12h30 desta segunda-feira(30), no município de Canguaretama, na rodovia RN-269, no litoral sul do RN. Na ocasião, um homem que dirigia uma Parati morreu, e um cobrador de um micro-ônibus e dois passageiros ficaram feridos.
A responsabilidade do crime ainda será investigada. Informações preliminares do Comando de Polícia Rodoviária Estadual, analisa a hipótese de que o micro-ônibus, que fazia o caminho Natal–Barra do Cunhaú, tenha invadido a faixa contrária e colidido de frente com o carro de passeio.
Com o impacto, o motorista do veículo Parati morreu na hora, e os três feridos que ocupavam o veículo de passageiros foram socorridos e levados para o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel, em Natal.

Fonte: Blog do BG

Quadrilha invade Lajes, explode banco e metralha viatura da PM

Foto: Cedida
Cerca de dez homens armados invadiram, na madrugada desta segunda (30), a cidade de Lajes, distante 141 km de Natal, explodiram a agência do banco do Brasil e metralharam uma viatura da Polícia Militar. Os suspeitos fugiram em três carros após saquear o dinheiro dos terminais destruídos; Ninguém foi preso.
De acordo com o policiamento local, os criminosos usavam armaa longas e estavam em maior número em comparação ao efetivo da PM no município, não houve reação. Com os terminais destruídos com a explosão a quadrilha levou o dinheiro, mas antes de fugir ainda metralhou uma viatura da polícia estacionada na frente do prédio do destacamento.
Policiais de várias cidades da região realizaram diligências na tentativa de prender os criminosos, mas até o início da manhã ninguém foi localizado.

Fonte: Portal BO

Direção de Alcaçuz afirma que não pode mais garantir a vida de ex-policiais presos naquela unidade

A direção da Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, região Metropolitana de Natal, no Rio Grande do Norte, emitiu, nesta segunda feira 30 de janeiro, uma declaração afirmando que "não há mais como garantir a integridade física e as vidas dos ex-policiais que estão cumprindo pena no regime fechado naquela unidade prisional".
Atualmente, segundo a direção do presídio, cinco ex-policiais estão presos na penitenciária de Alcaçuz e até o início deste ano, eles ficavam isolados em uma ala separada que existe no presídio para detentos que não são aceitos nos pavilhões convencionais.
Desde o dia 14 de janeiro, quando teve início a série de rebeliões em Alcaçuz, resultando na morte de pelo menos 26 detentos, os presos passaram a ter livre acesso entre os pavilhões e a outros setores da penitenciária.
De acordo com a declaração assinada pelo diretor Ivo Freire, depois da situação em que se encontra o presídio em face das rebeliões,"já não há limites entre os pavilhões ou outro setor dessa penitenciária, não tendo qualquer controle ou restrição de acesso dos apenados, pois não há grades ou barreiras que separem uns dos outros internos custodiados".
Diante desse cenário a advogada Kátia Nunes, que representa um ex-policial preso, informou que entrou com pedido junto a comarca de Nísia Floresta para que a Justiça conceda prisão domiciliar a seu cliente, Márcio de França. O pedido foi feito no último dia 26, mas ainda não foi julgado.
"Todos têm direito a vida e isso é uma obrigação do Estado. Se não existe uma prisão militar, nem o Estado tem onde colocar esses ex-policiais em segurança, então, a saída é prisão domiciliar com uso de tornozeleira", afirma Kátia Nunes.
Os cinco ex-PMs detidos em Alcaçuz são: Anderson Ricardo Frances de Brito; Ednaldo Manoel do Nascimento; Horácio Dantas de Oliveira; Márcio André de Souza Silva; e Márcio de França Ferreira.

Fonte: Fim da Linha

PARELHAS: PM PRENDE TRIO ACUSADO DE TRÁFICO DE DROGAS

 
No final da tarde deste domingo (29), durante uma abordagem na Rua Antônio Edmundo Bezerra, Bairro Cruz do Monte, Policiais Militares da Rádio Patrulha e do GTO de Parelhas, encontraram drogas com a Pessoa de Paulo Alberto que vinha saindo da residência de "Lilian" e "Douglas", velhos conhecidos da Polícia Local. Ao adentrarem a referida residência foi encontrado drogas, dinheiro fracionado e vasto material usado para comercialização de entorpecentes. Foi apreendido; Cocaína, Crack e Maconha.
Os três deverão ser autuados por tráfico de Drogas.

Fonte: Face Carcará

ACIDENTE FOI REGISTRADO NA NOITE DESSE DOMINGO EM CURRAIS NOVOS

 
Na noite desse domingo (29) um acidente foi registrado na rua do Petróleo, bairro Dr. José Bezerra (Promorar), próximo ao colégio Ester Galvão, tendo como vítima FRANCISCO SOARES SANTOS, residente na rua Riacho dos namorados no mesmo bairro.
O jovem seguia de motocicleta quando colidiu contra uma proteção usada para sinalizar um buraco na rua.
A vítima foi socorrida pela equipe do esquadrão resgate, apresentava várias escoriações pelo corpo, mais estava consciente e aparentemente sem fraturas.

Fonte: Adailson Carlos

Mulher que se intitulava “ESTRELA DO CRIME” foi assassinada na praia do Meio em Natal

Um homicídio foi registrado no final da tarde desse Domingo (29) vitimando uma mulher identificada a princípio de MALU BONEKYNHA.
A vítima que em uma rede social se intitulava “Estrela do crime” foi assassinada em frente ao Aquários Casa Show, na Praia do Meio.
A jovem bebia com amigos quando foi surpreendida por um homem não identificado que atirou contra ela várias vezes e fugiu com sentido ignorado.
Os peritos do ITEP e Policiais da divisão de homicídio foram acionados e realizam os procedimentos cabíveis.

Fonte: 190/RN

domingo, 29 de janeiro de 2017

Mulher é detida tentando arremessar celular e droga para dentro de Alcaçuz

 
Uma mulher foi presa, neste sábado (28), quando estava na área externa de Alcaçuz e foi flagrada por policiais da Força Nacional tentando arremessar produtos ilícitos para dentro do presídio, entre as guaritas 7 e 8.
Os policiais apreenderam com a mulher, que tem 18 anos, um celular, uma bateria de celular e duas porções de maconha. O material já estava embalado em sacos e pronto pra ser arremessado pra dentro do presídio.
Diante do flagrante, a suspeita foi conduzida para a delegacia da Polícia Civil.

Fonte: Focoelho

LADRÃO ARROMBA LOJA NO CENTRO DE CURRAIS NOVOS

 
Por volta das 19 horas desse Domingo (29) um ladrão não se intimidou com o movimento de pedestres no centro de Currais Novos e arrombou uma loja na rua Napoleão Bezerra.
O local fica próximo a Praça Cristo Rey, que está muito movimentada nesse domingo, porém o MALA não se incomodou e realizou o arrombamento mesmo assim. O mesmo estava usando capacete rosa (aberto), bermuda tactel, camiseta, era magro e alto.
A Polícia Militar foi acionada e já trabalha com o nome do suspeito, que é velho conhecido da polícia com várias passagens pela delegacia e foi visto saindo da loja quando o alarme acionou.
Foi furtado do local; camisetas, carteiras, calças e bermudas.
O proprietário foi comunicado e já se encontra no local.
Câmeras de segurança filmaram a ação e ajudarão a confirmar a suspeita da Polícia, o acusado já está sendo procurado nesse momento.

Fonte: Sd PM J. Júnior

ACUSADO DE ARROMBAR POLICLÍNICA EM CURRAIS NOVOS AGRIDE POLICIAL CIVIL EM CAICÓ

O apenado FRANC LEONARDO DANTAS DA SILVA, 28 ANOS, VULGO BUIÚ, que já está sendo acusado de arrombar a Policlínica em Currais Novos partiu para cima do Agente da Polícia Civil Pernambucano e lotado em Caicó identificado por APC Henri, quando estava sendo ouvido, a chutes e ponta pés chegando a cortar a língua do policial que precisou receber atendimento médico e levou 04 pontos.
O acusado Buiú foi contido pela guarnição de Currais Novos e vai responder por crime de lesão corporal,danos ao patrimônio público por que também chegou a danificar uma viatura quando era trazido para Caicó e ainda pelo crime de furto em Currais Novos.
Uma agente da delegacia disse a nossa reportagem que estava no alojamento da DP quando escutou o barulho e pensou que fosse uma invasão a delegacia, quando percebeu que seu colega tinha sido agredido pelo preso.
Frank Leonardo está preso em das celas da delegacia e ficará a disposição da justiça.

Fonte: Cardoso Silva

Confraternização, eleição e posse da nova mesa diretoria da ACDF de Currais Novos

Na tarde deste domingo (29/01), aconteceu a confraternização e a posse da nova mesa diretoria da Associação curraisnovense de deficientes físicos. Na eleição, foi reeleito o presidente Francisco Felipe e vice Walfredo Galvão. Compareceram ao evento os associados, familiares e colaboradores, além dos vereadores Edmilson Sousa e Wilton da Pax. A diretoria da associação, deixamos aqui o nosso parabéns.

Agentes encontram cinco armas e espingardas artesanais em Alcaçuz

Armas apreendidas em Alcaçuz durante a madrugada deste domingo (Foto: Divulgação / Sejuc)
Os agentes penitenciários da Força Tarefa de Intervenção Penitenciária encontraram mais armas de fogo dentro do Pavilhão 5 de Alcaçuz. Durante uma revista feita na madrugada deste domingo (29), eles apreenderam três revólveres, uma pistola, uma mini pistola e ainda três espingardas calibre 12 feitas artesanalmente pelos próprios presos.
Além disso, os agentes também apreenderam diversas munições, de calibre 32, calibre 38, calibre 380, calibre 635 e calibre 12. O secretário de Justiça e Cidadania do Rio Grande do Norte, Wallber Virgolino, confirmou ao G1 a informação e disse que a revista feita nesta madrugada resultou ainda na apreensão de celulares.
Na sexta-feira (27), quando houve a intervenção dos agentes penitenciários do Rio Grande do Norte juntamente com a Força Tarefa de Intervenção Penitenciária, um revólver havia sido apreendido, bem como mais de 500 facas artesanais,celulares e drogas.
A Operação Phoenix deve durar 30 dias e tem como objetivo “retomar, permanecer, restabelecer e reformar o presídio”.
Pelo menos 111 detentos do pavilhão 5 da Penitenciária Estadual de Alcaçuz terão suas penas aumentadas. Os presos foram ouvidos neste sábado (28) e, de acordo com a Polícia Civil, serão autuados de acordo com suas responsabilidades por posse de arma de fogo, posse de drogas, dano qualificado, apologia ao crime, associação criminosa ou motim.
Com a apreensão feita na madrugada deste domingo, o secretário Wallber Virgolino informou que pretende identificar os presos responsáveis pelas armas encontradas para que eles também sejam indiciados.

Fonte: G1 RN